Recuo do Planalto afeta ações de empresas aéreas


Em tempos de lista bomba do ministro Edson Fachin, passou desapercebida, anteontem, mais uma intrigante contradição do governo Michel Temer.

Na segunda-feira, o Planalto prometeu incluir, na MP de estímulos ao turismo, o fim do limite ao capital estrangeiro nas companhias aéreas.

No fim da tarde de terça-feira, entretanto, desistiu da medida – alardeada por toda a mídia – e anunciou que vai enviar projeto de lei ao Congresso tratando do tema.

Aéreas 2

Na terça-feira de manhã, depois de a CVM ter revogado a suspensão do IPO da Azul, a empresa aérea fez sua abertura de capital, calculada em R$ 2 bilhões, com precificação em R$ 21 por ação.

Os papéis, embalados pela boa noticia da liberação do capital estrangeiro, subiram mais de 7,5% e acabaram fechando com alta menor, de 6,68%, a R$ 22,18.

Aéreas 3

Com a súbita mudança de rota do governo, as ações da Azul caíram no fim do dia. Vale registrar que as ações da Gol tiveram o mesmo comportamento. Latam e Avianca não têm ações em bolsa no Brasil.

Cadê a CVM?

Temer convoca aliados para
manter ritmo das reformas

Em reunião com Antonio Imbassahy, Temer decidiu ontem convocar a bancada aliada da Câmara – cerca de 300 deputados – para café da manhã no Jaburu, na terça.

Presidente e secretário de Governo vão insistir em que a Câmara não interrompa os trabalhos – como fez na terça e ontem, por causa do listão de Fachin – e que seja logo retomado o debate das reformas.

Figurões na agenda
Moro até o fim do mês

O calendário das fortes emoções vai ser animado em Curitiba, daqui para o fim do mês. João Santana e Mônica Moura falam a Moro dia 18. Já Palocci e Branislav Kontic, no dia seguinte.

Ainda na agenda, Delcídio do Amaral e Nestor Cerveró depõem em processo de Lula e Marisa no dia 22. E no dia 27 o programa de Moro será ouvir Sergio Cabral e Adriana Ancelmo.

Roberto Freire no listão
foi “citação errônea”

Roberto Freire diz, em nota, que “lamenta a citação errônea de seu nome” no listão de Fachin mas decidiu que não vai fazer nada a respeito.

NOTÍCIAS RELACIONADAS